A Faculdade

 

É muito bom falar de "projetos" que deram certo, e assim, falar da história da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Goiás (FF/UFG) exemplifica essa afirmação. A Faculdade de Farmácia e Odontologia de Goyáz (assim era sua denominação) foi fundada em 12 de outubro de 1945 e a primeira turma de formandos colou grau no dia 16/12/1950. Já na década de 60 foi criado o Instituto de Pesquisas e Industrialização Farmacêutica (IPIF) nas dependências da Faculdade de Farmácia e Odontologia de Goyáz, que foi a primeira indústria de medicamentos do Estado. Poucos anos depois, na década de 70 foi criado o laboratório de Análises Clínicas Rômulo Rocha, na sequência implantamos o Laboratório de Controle de Qualidade de Alimentos, em convênio com a Fundação de Apoio aos Estudantes - FAE; a Farmácia Escola, na sua 1ª "versão", ainda bem "tímida", que passou a ser campo de estágio para os alunos nas áreas de manipulação de fórmulas e dispensação de medicamentos da Central de Medicamentos do Ministério da Saúde (CEME), atualmente a Farmácia Universitária, campo de estágio obrigatório. Mais adiante foi estruturado o Laboratório de Controle de Qualidade de Medicamentos. Outra conquista que teve início na década de 80 foi a inserção da Faculdade de Farmácia nos projetos de Extensão da UFG, com a criação de Laboratórios de Análises Clínicas em Picos – PI, Porto Nacional – TO e em Firminópolis – GO. Houve também a implantação de cursos de especialização em Análises Clínicas em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e teve início o 1º curso de especialização em Citologia Clínica. Já é possível notar, com estes poucos dados, a grande interação com a sociedade, o que até hoje é marcante dentre as nossas atividades de extensão, sempre aliadas às atividades de ensino. Pode-se dizer que as atividades de pesquisa e pós-graduação Stricto sensu tiveram início um pouco mais tarde, e destaco aqui a criação da Revista Eletrônica de Farmácia (REF) (ISSN 1808-0804), em 2004, editada pela Faculdade de Farmácia da UFG, tendo como tema norteador as Ciências Farmacêuticas. Essa revista representou um marco na Região Centro-Oeste e no País, visto que a área farmacêutica ainda carecia de meios de divulgação. Também neste ano, projetos de extensão com dimensão nacional, como o projeto de monitoração de propaganda de produtos sujeitos a vigilância sanitária foram executados pela Faculdade de Farmácia via UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, em parceria com a ANVISA. E ainda foi implantada matriz curricular seguindo os preceitos das Diretrizes Curriculares Nacionais de 2002. Com o incremento nas pesquisas científicas por parte de diversos professores foi aprovado em 2005 o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Farmacêuticas, nível mestrado, tendo como área de concentração: Fármacos e Medicamentos. Hoje a FF/UFG já tem também o nível de doutorado em Ciências Farmacêuticas. Este programa foi pioneiro na Região Centro-Oeste e Norte do Brasil. Hoje temos 4 programas e 5 cursos de pós-graduação Stricto sensu: Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Nanotecnologia Farmacêutica, nível doutorado; Programa de Pós-graduação Strictu Sensu em Inovação Farmacêutica, nível doutorado e Programa de Pós-graduação Strictu Sensu em Assistência e Avaliação em Saúde, nível mestrado. Hoje a FF/UFG está implantando a nova matriz curricular visando um perfil profissional atualizado e em termos de infraestrutura física, a FF/UFG tem 9 laboratórios de práticas farmacêuticas para atender as aulas da graduação, 21 laboratórios de pesquisa e equipamentos sofisticados que dão suportes aos trabalhos experimentais. Essas ações constituem um marco histórico no reconhecimento da FF/UFG como centro de pesquisa nacional e internacional. Enfim, esta é uma síntese da bela trajetória da FF/UFG nos primeiros 72 anos de existência e de atuação intensa na geração e socialização dos conhecimentos necessários à formação de profissionais Farmacêuticos e cidadãos para atuar nas áreas de atuação profissional.

 

 

 

Maria Teresa Freitas Bara

Diretora da FF/UFG

Gestão 2014-2018